Junta de Carnide abre refeitório para compensar cortes

in Diário de Notícias
18 de Janeiro de 2012
Junta de Carnide abre refeitório para compensar cortes

A Junta de Freguesia de Carnide, em Lisboa, inaugura hoje um refeitório social para compensar os funcionários dos cortes dos subsídios disse o presidente da autarquia, Paulo Quaresma, à agência Lusa.

A junta de Carnide, "como não tem dívidas e as contas estão equilibradas", decidiu "compensar os seus funcionários servindo cerca de 30 refeições diárias".

Esta foi a "forma que a autarquia encontrou para ajudar os trabalhadores", reforçou Paulo Quaresma, adiantando que esta ajuda traduz "uma poupança de cerca de 1.000 euros, para o bolso dos funcionários em alimentação", durante um ano.

Esta medida "criativa, e sem qualquer custo direto para o erário público" irá funcionar nas instalações da própria junta, que "fez pequenas obras numa cozinha existente" para "alimentar cerca de 30 dos 50 funcionários".

O autarca, eleito pela CDU, classificou ainda "o corte nos subsídios de férias e de Natal" um "roubo injusto". 

Partilhar