De volta à rotina

8 de Outubro de 2019
De volta à rotina

A hora ainda não mudou, mas os relógios já se reajustaram lá em casa. É assim todos os anos, em meados de Setembro. O sofá da sala dá lugar às mesas da escola e a toalha de praia aos livros de cada disciplina. O ritmo não perdoa e a rotina matutina também não: acordar-se a si, aos miúdos, pequeno-almoço para todos, livros na mochila e “nada de ficar a ver televisão que já são horas de sair”.

Garantir que eles têm a melhor educação começa em casa, mas estende-se a todos os momentos do dia, onde quer que eles estejam. Nas alturas mais descontraídas e de brincadeira, como nas de maior foco e ensino cuidado. Em todas elas, queremos que aprendam, que se construam enquanto homens e mulheres de amanhã e, sobretudo, que em cada momento estejam em segurança.

Crescer em Carnide é ter a certeza de que há sempre sobre si um olhar atento de quem cuida, de todas as formas. Dos mais pequenos—com quatro novas salas de jardim-de-infância­—aos mais crescidos—tomando por inteira a gestão das cantinas do infantil ao básico—partilhamos da sua missão: formá-los na melhor condição possível.

 

DE BARRIGA CHEIA

Um ano depois da Junta de Freguesia ter assumido a gestão da cantina da Escola Básica Professora Aida Vieira, no Bairro Padre Cruz, faz ainda mais sentido pensar em “mente sã em corpo são”. Porque o aproveitamento escolar depende intrinsecamente da saúde, assume-se assim o desafio de ter por nossa conta o que os alunos da EB1 Prof. Aida Vieira comeram durante todo o ano-lectivo passado.

Garantir que todos estudam numa condição saudável é parte fulcral para sucesso escolar e a saúde constrói-se por dentro. Por isso, a partir deste ano-lectivo, estende-se o cuidado da nutrição dos alunos a todos os que comem nas cantinas das escolas de ensino infantil e básico de Carnide. Um esforço logístico e financeiro que certamente irá melhorar a vida dos carnidenses, filhos e pais, na hora de saber o que comer entre aulas.

 

A FAMÍLIA EM PRIMEIRO PLANO

Se o processo educativo se desenvolve nas escolas, as bases constroem-se em casa e, por isso, torna-se imprescindível saber o que eles andam a fazer nas alturas em que estão longe do olhar da família. Para que todos os “Como correu o dia hoje?” sejam seguidos de histórias felizes, há que manter os pais e encarregados de educação ainda mais por dentro da vida escolar, reforçando as reuniões entre a família e aqueles que acompanham os mais novos lá de casa nos desafios do dia-a-dia. Uma tarefa possível graças ao reforço das equipas de educação geridas pela Junta de Freguesia de Carnide, bem como ao contínuo investimento na formação dos assistentes operacionais e dos animadores, para garantir que ninguém é apanhado desprevenido.

E porque quando a família cresce, o esforço orçamental aumenta a um ritmo ainda mais veloz, as famílias com dois ou mais filhos vão poder respirar de alívio: os irmãos que se inscreverem nas Actividades de Animação e Apoio à Família (AAAF) passam a ver a sua mensalidade reduzida, a pensar na ginástica que os mais crescidos lá de casa fazem todos os meses.

 

E QUANDO A ESCOLA ACABA...

O dia não termina logo. Quanto mais avultadas são as horas em aulas, maior a necessidade de usufruir do tempo livre que lhes resta. Para que apurem todos os sentidos, há sempre algo para fazer perto de casa.

Seja em prosa ou verso, a Hora do Conto e a Hora da Poesia preenchem o imaginário dos mais novos, estimulando-lhes a criatividade e a imaginação para que, quando se depararem com novas histórias, lhes venha ao pensamento “Leio, logo desenho”. Tudo sem sair da Biblioteca Natália Correia que, para além da nova oferta para os mais jovens, mantém estreitas as parcerias com o Agrupamento de Escolas do Bairro Padre Cruz, com todos os ATL de Carnide e com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa para que, da creche aos mais sábios da família, todos tenham um estímulo neste novo ano lectivo.

Porque nos enriquecemos quando damos conta de mundos diferentes daquele em que vivemos todos os dias, há cultura e culturas para ver, viver e respirar com fôlego renovado no Centro Cultural de Carnide. Da dança à comédia, do canto à fotografia, são muitos os trilhos para traçar nos workshops deste ano lectivo.

E se a sabedoria que a idade traz é a maior fonte de conhecimento, então que todas elas se cruzem, geração entre geração, história entre história, no Espassus 3G. Música, desporto e a partilha de saberes no XVII Fórum Entre Gerações já este mês de Outubro fazem parte dos planos para que, toque o despertador a que horas tocar, repita-se a rotina quantas vezes se repetir, haja a certeza de que os dias serão preenchidos e cheios de novas experiências.

Partilhar