Carnide pede ao Governo para reabrir Esquadra da PSP

8 de Julho de 2022
Carnide pede ao Governo para reabrir Esquadra da PSP

Continua a luta pela reabertura da Esquadra da PSP no centro de Carnide, cada vez com mais vozes ao lado deste objetivo.

Foi aprovada por maioria na Assembleia Municipal de Lisboa uma moção a solicitar ao Governo a reabertura “no mais breve tempo possível” da 42ª esquadra da PSP, que se encontra encerrada desde 2019.

Na sessão desta terça-feira da Assembleia Municipal, o Presidente da Junta de Freguesia, Fábio Sousa, realça que Carnide é uma “freguesia onde vivem milhares de famílias a quem devemos uma vida cuidada, em comunidade e com segurança”, os “pilares fundamentais para a vida”, mas que com o fecho dessa esquadra se “perdeu um dos marcos da segurança da vida em comunidade”. “Fechar esquadras nunca pode ser solução”, sublinha.

Carlos Reis, deputado municipal pelo PSD, concorda com o Presidente da Junta de Freguesia de Carnide, que “está cheio de razão” e reconhece que o seu partido tem agora “responsabilidades acrescidas” devido ao seu mandato autárquico na câmara lisboeta, mas recorda que, “quem abre e fecha esquadras no país é o Ministério da Administração Interna”.

Por sua vez, Alexandra Mota Torres, Deputada Municipal pelo PS, afirma que “sempre apoiou que o equipamento deveria ser reaberto” e lembra que a reabertura da Esquadra representa um marco importante para Carnide. A deputada lembra mesmo que já antes a Assembleia Municipal de Lisboa havia aprovado uma recomendação em que se pedia à autarquia de Lisboa para “intervir junto do Governo para [concretizar] a reorganização do dispositivo de esquadras da cidade e dotar a PSP dos meios necessários para responder às necessidades da população, nomeadamente através de uma nova Esquadra em Carnide”.

A moção agora aprovada, apresentada pelo PEV e aprovada por maioria, em que todos os partidos votaram favoravelmente exceto os dois deputados independentes eleitos pela coligação PS/Livre que se abstiveram, visa reforçar junto do Governo a intenção de reabertura da Esquadra. José Sobreda, deputado municipal pelo PEV, fez questão de realçar que o novo Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, tem como posição “defender sempre o maior número de esquadras”.

A 42ª esquadra da PSP de Carnide encerrou em Outubro de 2019 com a justificação de que o edifício não tinha condições. Fábio Sousa realça que a autarquia “já tem as chaves” do edifício, que é propriedade municipal, e que, por isso, as obras devem avançar. “É imperativo que a vontade da população de Carnide se estenda a Lisboa e ao país”, afirma.

Partilhar