Corpo Nacional de Escutas - Agrupamento 73 - Carnide

Juventude

Corpo Nacional de Escutas - Agrupamento 73 - Carnide 

Área de Intervenção
Juventude, educação não formal

História
Corpo Nacional de Escutas - Escutismo Católico Português é uma associação de educação não-formal cuja finalidade é a formação integral de crianças e jovens de ambos os géneros tornando-os em cidadãos ativos, sempre com o apoio de voluntários e à luz do Evangelho de Jesus Cristo e segundo a doutrina da Igreja Católica Romana que a associação professa, assume e difunde. 

O Escutismo aposta no aprender fazendo. Através de atividades que são projetadas, desenvolvidas e implementadas tendo por base o método do projeto e o trabalho em equipa, procura-se que os escuteiros trabalhem as seguintes áreas de desenvolvimento: carácter, afetiva, intelectual, física, social e espiritual. Consoante as idades, estas atividades podem envolver construções, jogos, exploração, raides ou serviço comunitário, mas, acima de tudo, pretende-se que estas reflitam os desafios que os jovens encontram durante todo o seu percurso de vida, preparando-os para uma cidadania ativa, relação com o próximo, sustentabilidade ambiental e desenvolvimento pessoal integral.

Os Lobitos (6-10 anos) Na idade de Lobito (6-10 anos), o importante é brincar com os outros, no meio da alegria e da imaginação, com um primeiro contacto com a natureza. O Lobito gosta de inventar jogos, de brincar, de colecionar toda a espécie de coisas. A sua curiosidade é inexcedível. O Escutismo propõe-lhe "Caçadas" apaixonantes em torno de interesses comuns, apoiadas por contos e lendas conhecidos. O Livro da Selva é o seu imaginário e São Francisco de Assis é o seu patrono.

Os Exploradores (10-14 anos) Os Exploradores/Moços estão na idade de querer descobrir o mundo e a vida, é a idade da aventura, dos projetos fabulosos, dos heróis invencíveis, da penetração nos mistérios da natureza. O Escutismo propõelhes a "Aventura"/"Expedição", decidida em conjunto e vivida por todos, na qual a pessoa de um herói é ao mesmo tempo um desafio e o cimento necessário à coesão do grupo. São Tiago é o seu patrono.

Os Pioneiros (14-18 anos) Entre os 14 e os 18 anos é a idade do grande desafio: os jovens querem dar provas do que são capazes, querem ver reconhecida a sua personalidade, desejam conhecer os outros a fundo, viver em grupo e, com eles, "ajudar a transformar o mundo". O "Empreendimento"/"Cruzeiro" é uma ação criada, enriquecida e vivida em grupo, onde muito se descobre e muito se constrói, onde a função e a responsabilidade de cada um, tal como a cooperação entre equipas, são igualmente indispensáveis para o êxito final. São Pedro é o seu patrono.

Os Caminheiros (18-22 anos) Entrando na fase adulta, imagina-se a construção de um Homem-Novo que queira empreender uma caminhada que sabe nem sempre ser fácil, mas que tem a certeza de ser a correta e por isso opta por ela. Entre os 18 e os 22 anos, empreendem uma Caminhada/ /Companha que lhes permite ousar através da ação, intervir na comunidade trilhando percursos comuns de crescimento e de autonomia. São Paulo é o seu patrono.

Responsável
Pedro Ribeiro - ca.73@escutismo.pt

Morada

Quinta de S. Lourenço
Estrada da Correia, n.º 6
1500-210 Lisboa


E-mail

geral.73@escutismo.pt

Partilhar